Orçamento no vermelho

quarta-feira, 02 de setembro de 2015

Governo Federal é muito cara de pau. Não consegue gerenciar suas contas, está no vermelho, prepara um Orçamento para 2016 com negativo em mais de 30 bilhões, e pede que a sociedade ajude na busca de soluções.

Sociedade somos nós, trabalhadores e contribuintes. E por que nós é que temos que ajudar na busca de soluções? Afinal, não fomos nós que roubamos bilhões da Petrobras, desviamos dinheiro de verbas públicas, do SUS, merenda escolar, nem somos nós que recebemos altos salários como vereadores, deputados e senadores.

Querem resolver o problema, reduzir o déficit orçamentário, tirar as contas do vermelho? É fácil. É só diminuir os ministérios, mandar embora um monte de cargos em comissão, tornar a função de vereador em exercício voluntário, reduzir pela metade o número de deputados estaduais, federais e senadores, estipulando seus salários no mesmo patamar do que ganham os professores de escolas públicas.

Agora, aumentar impostos, taxas de juros, protelar 13º salário de aposentados e parcelar salários de funcionários, como no Rio Grande do Sul, aí sim, é pura covardia, traição e incompetência dos nossos governantes.

Como podemos ajudar? Fazendo protestos, indo às ruas, assinando listas de impeachment, exigindo plebiscito, uma nova Constituinte para melhorar nosso país.

covardia deficit desvios incompetência negativo orçamento protestos roubalheira
Guilherme Cardoso
Guilherme Cardoso
Jornalista diplomado, idade acima de 60, pós-graduado em Docência e Gestão do Ensino Superior, mestre em Administração, escritor com sete livros publicados, um Contador de Casos, otimista, sonhador e articulador em Minas Gerais do Movimento pelo Imposto Único, que acredita, um dia se tornará realidade.

Faça seus comentários abaixo: